sábado, 15 de agosto de 2015

As fotos premiadas do concurso da revista National Geographic Traveler 2015

A revista National Geographic Traveler realiza anualmente um concurso internacional de fotografias, que se tornou famoso e a cada ano atrai mais participantes. Aberto apenas a fotógrafos amadores do mundo inteiro, o concurso deste ano recebeu 17.000 fotos. A seguir, são apresentadas as fotos vencedoras deste ano. Todas as fotos são do site Mpora.


Primeiro Lugar -- Mergulhando com uma baleia-corcunda (ou baleia-jubarte) e seu filhote recém-nascido enquanto ele nadam por Roca Partida, nas ilhas Revillagigedo (México). Este é um lugar extraordinário e único, cheio de vida oceânica, por isso precisamos acelerar a incorporação das ilhas à UNESCO como um local de herança natural para aumentar a proteção das ilhas contra as predominantes corporações de pesca ilegal e contra a pesca de grandes peixes -- (Foto e legenda: Anuar Patjane).

Segundo lugar -- Este local de moagem de cascalho em Chittagong (Bangladesh) permanece cheio de poeira e areia. Três de seus operários olham pela janela de seu local de trabalho - (Foto e legenda: Faisal Azim).

Terceiro lugar -- Camel Ardah, como é chamado em Oman, é um dos tradicionais estilos de corrida de camelos, entre dois camelos conduzidos por especialistas. O camelo mais rápido perde, por isso ambos os camelos têm que correr à mesma velocidade, na mesma pista. O objetivo dessa corrida é mostrar a beleza e a força dos camelos árabes, e a habilidade de seus montadores. Ardah é considerada uma das competições mais arriscadas, porque as reações dos camelos são sempre imprevisíveis e um deles pode irritar-se e jogar-se contra os espectadores - (Foto e legenda: Ahmed Al Toqi).

Honra ao mérito -- Uma noite no Vale do Pântano dos Mortos. Na noite anterior ao nosso retorno a Windhoek [capital da Namíbia], passamos várias horas no Deadvlei (Vale do Pântano dos Mortos) em Sossuvlei, Namíbia. A lua estava brilhante o suficiente para iluminar as dunas de areia distantes, mas o céu ainda estava escuro o bastante para se ver a Via Láctea e as Nuvens de Magalhães. As árvores são chamadas de "árvores de espinhos de camelos"- (Foto e legenda: Beth McCarley).

Honra ao mérito -- Dois garotos tentam agarrar um pato na correnteza de uma cachoeira na província de Nong Khal, na Tailândia -- (Foto e legenda: Sarah Wouters).

Honra ao mérito -- Romênia, terra de contos de fadas. Geada cobre o vilarejo de Pestera - (Foto e legenda: Eduard Gutescu).

Honra ao mérito -- A produção tradicional de feno na Polônia. Muitas pessoas continuam a usar a foice e o forcado para separar e arrumar o feno - (Foto e legenda: Bartlomiej Jurecki).

Honra ao mérito -- A força de poucos. Na véspera de tirar esta foto tentei o dia todo tirar uma boa fotografia dos rinocerontes brancos, ameaçados de extinção. Disfarçando-me cuidadosamente pelo gramado, tentando ficar a cerca de 1m por segurança, não consegui a foto que desejava. De manhã, entretanto, acordei com esses três rinocerontes à minha frente. Santuário de Rinocerntes Ziwa, Uganda - (Foto e legenda: Stefane Berube).

 Honra ao mérito -- Kushti, tradicional modalidade de luta livre indiana. Vestindo apenas uma tanga bem justa (langot), os lutadores (pelwhans) entram em um buraco cheio de argila, frequentemente misturada com sal, limão e ghee (manteiga clarificada). Após uma sessão, os lutadores descansam recostados em uma das paredes da arena cobrindo suas cabeças e corpos com terra para absorver o suor e evitar que se resfriem. Esse ritual de relaxamento é completado com massagens para relaxar músculos cansados e mostrar respeito mútuo - (Foto e legenda: Alain Schroeder).


Honra ao mérito -- Uma sauna a 2.800 m de altitude, no coração das montanhas Dolomitas. Monte Lagazuoi, em Cortina, nos Alpes orientais italianos - (Foto e legenda: Stefano Zardini).


Pôr do sol elétrico. Tempestade ao entardecer em Salal de Uyuni, Bolívia - (Foto e legenda: Marcio Cabral).


Zermatt e Matterhorn (Suíça) ao amanhecer - (Foto: Andrey Omelyanchuk).


Fogo celestial sobre a Antártida - (Foto: Raymond Liu).


Encontro com um tubarão-baleia de 8 m - (Foto: Max Taylor).


Fúria. A tempestade Petra castigou a costa atlântica de toda a Europa, com ondas enormes de cerca de 9m quebrando no farol de Mouro, na entrada da baía de Santander - (Foto e legenda: Oscar Martinez).


Colinas pintadas no Oregon (EUA) - (Foto: John Richter/Fonte: Google).


O entardecer na avenida dos baobás, fora de Morondava, no Madagascar. Essas árvores anciãs são sempre impressionantes, e no amanhecer e no entardecer as cores clareiam o céu aberto da África - (Foto: Talia Friedman).


O famoso pôr do sol de Oia, na ilha grega de Santorini - (Foto: Mohammad Alajeel).





Um comentário:

  1. viajei nessas fotos incríveis, colírio para os meus olhos!

    ResponderExcluir