domingo, 12 de abril de 2015

A absoluta falta de respeito à dignidade do cargo de Presidente da República de Dilma NPS e do NPA

Uma entre várias coisas em comum entre Dilma NPS (Nosso Pinóquio de Saia) e o NPA (Nosso Pinóquio Acrobata, Lula) é sua absoluta falta de respeito para com a dignidade do cargo de Presidente da República. Ambos se comportam como dois debilóides irresponsáveis em várias aparições públicas, se postando ou se vestindo como se estivessem num piquenique e não no mais alto posto da nação.

Confundindo espírito democrático com populismo rasteiro e inaceitável para o cargo, essas duas figuras frequentemente agridem a cidadania e o país com seu comportamento. Uma das maneiras mais usadas nessa palhaçada é o uso de alguma peça de vestimenta absolutamente incompatível com o cargo de Presidente da República. O exemplo mais recente disso foi dado por Dilma NPS em sua viagem ao Panamá em abril corrente, para participar da cúpula das Américas, quando a ex-guerrilheira e nossa Dama de Ferrugem se encontrou com Mark Zuckenberg, CEO do Facebook, para a assinatura de uma parceria entre a empresa americana e o governo brasileiro para implantação da Internet.org, projeto que oferece conexão gratuita no Brasil. 

Não contente com a fotografia protocolar e bem comportada de seu encontro com Zuckenberg (que a ex-guerrilheira "atualizada" colocou no seu perfil no Facebook), Dilma NPS deixou aflorar o lado chacrete e chinfrim de sua personalidade, vestiu um casaco com a logomarca do Facebook e voltou a posar risonha e lampeira com o CEO da empresa. Eis aí a mais recente garota propaganda free of charge da rede social americana.




No encontro com Zuckerberg na Cidade do Panamá, Dilma vestiu um agasalho do Facebook e posou para fotos (10/04/2015) - (Foto: Roberto Stuckert Filho/Presidência da República)


Do alto de sua visão rastaquera e miúda do que é ser presidente de um país, Dilma NPS deve ter se achado o máximo e moderninha fazendo esse gesto idiota. Alguém já viu essa madame vestindo um casaco com a mensagem "Não deixe de estudar, a educação é fundamental para você e o país", ou "Poupe energia elétrica, sempre", ou "Faça poupança, dinheiro não cai do céu", ou "Poupe água sempre, ela pode faltar sem você esperar"? Claro que não! Isso para ela é besteira e contraindicado, já que seu governo sempre estimulou o consumo e a gastança desenfreados. Mas, fazer propaganda de uma empresa estrangeira que é acusada de bisbilhotar a vida de seus usuários é com ela mesma. A madame, corretamente, deu um faniquito quando se viu espionada pela agência de segurança americana NSA mas, pelo visto, isso se deu para angariar simpatia dos petralhas de plantão pois para o Facebook ela faz até propaganda. 

Não é a primeira vez que a ex-guerrilheira comete esse tipo de desatino, não fosse ela discípula do NPA. Ela já circulou impoluta e fagueira com o boné do MST, copiando seu guru, achando que com isso se mostrava "democrata".




Seu criador e mestre, o NPA, sempre primou por se comportar de maneira absolutamente desrespeitosa em várias aparições públicas quando Presidente da República, seja por palavras e/ou vestimenta. Seu apego ao MST é clássico, e inspirador para sua pupila Dilma NPS. Graças ao estímulo dessas duas figuras e do PT, o MST continua impunemente a promover vandalismos e invasões pelo país afora.



Assim como  as grandes essências vêm em pequenos frascos, é nos pequenos gestos que se mostram as grandes figuras humanas. O NPA e Dilma NPS não estão nem aí para esse enfoque, eles fazem questão de se mostrarem "simples" e "populares/populistas" qualquer que seja a concessão para isso. E ficamos todos nós perante o mundo, seus não-eleitores e o país como um todo, como um bando de inocentes idiotas governados por figuras bizarras em termos de consciência cívica. Isso é simplesmente deprimente e inaceitável! 


Um comentário:

  1. Luiz Ota, Médico14 de maio de 2015 12:33

    Desde sempre esses cretinos foram mal-intencionados, bandidos que são.
    Aparelham tudo. Dias Toffoli não tem mérito sequer para ser aprovado num concurso para Juiz (de fato), foi indicado e empossado Ministro do STF e a sabatina do congresso (com letra minúscula mesmo) que fez? Antes, com que desfaçatez um presidente tem a coragem de indicar um nome desses, com seu passado conhecido, para ser ministro do STF. Cadê os políticos da oposição? e cadê os tais honestos e outrora combativos da situação? Esse congresso é amostra do povo: venal e de comportamento igual ao da prostituta, a quem devo mais respeito, pois que não sei porque se prostituíram. Agora, esse que se dizem políticos, de modo geral, sei bem porque se prostituem: porque não se prestam para mais nada.
    Essa gente destruiu a auto-estima, acabou com as referências a toda uma ou mais gerações, pôs o País na rota da desgraça e da vergonha. Mentem, roubam e matam. Matam sim, na medida em que subtraem roubando o erário dedicado à educação, saúde, segurança, alimentação, etc... Roubam em negociatas e generosas e tenebrosas transações (como diria e dizia meu ex-ídolo Chico Buarque) em que quem ganha são "eles", os da nomenklatura, essa gentalha que quer ter, sem ser e mente o tempo todo aos venais "agraciados" com migalhas tapeadoras. Partem do princípio em que cada vez mais acreditam: "todos têm seu preço". Discursam bonito fazendo cortes de despesas, contingenciando gastos com o que há de mais essencial (a manutenção da vida) e por outro lado, nem se fala em reduzir gastos com 39 ministérios cuja valia todos sabem. Não estaria muito fora da verdade se dissesse que 10-15% desses ministérios têm valia e necessidade. Os demais, jogaria no lixo definitivo (nem reciclável).
    Que País é esse? O último bastião, contra esse estado de coisas, o STF, todo aparelhado e que não merece a confiança de gente minimamente informado, como fica?
    Cadê a honradez, a cidadania, a educação, a boa cultura, ao prazer de fazer uma coisa bem feita, o respeito ao dinheiro público (resultado do trabalho de reais e honestos cidadãos)?
    Quem não respeita o dinheiro, de outrem, ganho honestamente, à custa de trabalho, na verdade não respeita o trabalho de outrem, não respeita o tempo dispendido pelo trabalhador que se diferenciou, pela educação, a atingir um grau de mérito, a ponto de poder cobrar por seu trabalho competente. Quem rouba como esse governo, quer o dinheiro, não quer respeitar a quem produziu essa riqueza.
    Simplificando: é a inveja, a incapacidade de se fazer por merecer, sob um mau caldo de cultura alimentado por gentalha no poder, sem justiça, sem cidadania, faz com que mentes nocivas encontrem caminho mais fácil de ter, sem precisar ser, tomar/invadir sem ter trabalhado honestamente para conquistar e ainda tripudiar desavergonhadamente dos coxinhas, os tolos dedicados à honestidade e competência.

    ResponderExcluir